Calouras da Escola Normal Doutor Xavier da Silva, Colégio Nossa Senhora das Graças "Colégio das Irmãs", anos 1970.

                            Comemoração na Praça Getúlio Vargas. 
     
                            Foto cedida por Fátima Chemin.

                             
                              
                           Fotógrafos pato-branquenses meados da década de 1980, recebidos pela locutora da Rádio Celinauta, Margareth Camargo:

                               À partir da esquerda: Margareth, Rudi Bodanese, Joacir Suttili, Jozé Zanella (falecido prematuramente) e João de Paula (na direita, de óculos).

                             À respeito de postagem aqui sobre aniversário do professor Laudi Vedana (e proprietário da Rádio Elite FM em Pato Branco) ele registrou:

                             "Rudi, o Patonauta é a ponte da história que prestigia fatos relevantes.
                              De minha parte agradeço ter tido a felicidade de aparecer em vários eventos destas belas lembranças que você manteve vivas até hoje e sempre muito sugestivas, próprias de uma pessoa sensível e antenada com pessoas e fatos da nossa Pato Branco.
                          
                             Sinto-me honrado em ser Patonauta. Muito obrigado".

                             *Foto: Laudi (com o microfone), Frei Nelson Rabelo (esquerda) e Agostinho Barrionuevo (atrás de camisa escura). 

                              Tempos de Rádio Celinauta, anos 1980.

"A principal pedra no sapato das tentativas de estimular ações contra a mudança climática, um temos que foi reforçado pela leitura do magistral livro-reportagem "Caiu do Céu: O Promissor Negócio do Aquecimento Global", assinado pelo jornalista americano Mc-Kenzie Funk e lançado no Brasil pela Editora Três Estrelas.

Se você desconfiava que a elite financeira e industrial do planeta é majoritariamente composta pelo tipo mais rematado de canalha, gente cujo principal talento é ganhar rios de dinheiro ferrando com a vida dos outros, a leitura de "Caiu do Céu" fará com que essa hipótese pareça fato 100% confirmado.

As primeiras dezenas de páginas do livro são suficientes para induzir o reflexo de vômito em qualquer sujeito com alguma consciência:  grandes empresas petroleiras e de transporte marítimo montando convenções de negócios carnavalescas em parceria com os países do Ártico (como o Canadá, a Rússia, a Noruega e os EUA), basicamente porque o derretimento do polo Norte vai ser uma beleza para as rotas de comércio, a exploração de petróleo em águas profundas e a expansão do plantio em terras que antes eram frias demais".
                             Jornal Folha de São Paulo, artigo de Reinaldo José Lopes (28/08/2016).

                          A Chapecoense, presidida pelo pato-branquense geração 80, Sandro Palaoro vem colhendo até aqui, excelente campanha na Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol.

                         O time de futebol,  os vôos diários daquela cidade somados com o potencial industrial, educação etc; vão transformando Chapecó (SC) numa potência.

                       Como disse Iradi Suttili que hoje lá reside, "Para ver os jogos do nacional, vem pessoas do Mato Grosso, Rio Grande do Sul, do vizinho Paraguai, etc..."

  
                            Bernardete Fátima Garcia (de vermelho, bem na direita da imagem). 

                            É uma pato-branquense histórica desde o final dos anos 1960. Teve grande participação na cultura, nos movimentos jovens da Igreja católica, como funcionária da Policlinica Pato Branco...

                       Nos últimos anos, alternou residência na Itália (Cortina d' Ampezzo) e nossa cidade.

                      As últimas semanas ela permaneceu em Pato Branco.
                       Foi homenageada com dezenas de encontros festivos pelos infindáveis amigos que tem.

                      Na foto do grupo acima (ontem sábado), ela ganhou de Carlos e (prima) Maria (Favetti) de Carvalho, uma feijoada em casa do casal próximo de Curitiba.



  
                            Bernardete Fátima Garcia (de vermelho, bem na direita da imagem). 

                            É uma pato-branquense histórica desde o final dos anos 1960. Teve grande participação na cultura, nos movimentos jovens da Igreja católica, como funcionária da Policlinica Pato Branco...

                       Nos últimos anos, alternou residência na Itália (Cortina Del Pezo) e nossa cidade.

                      As últimas semanas ela permaneceu em Pato Branco.
                       Foi homenageada com dezenas de encontros festivos pelos infindáveis amigos que tem.

                      Na foto do grupo acima (ontem sábado), ela ganhou de Carlos e (prima) Maria (Favetti) de Carvalho, uma feijoada em casa do casal próximo de Curitiba.



https://www.facebook.com/sportv/videos/1231500880206381/?__mref=message_bubble

Thiago Celes, geração 80, trabalha no canal SPORTV - Rio de Janeiro;
                             
                             Time de amigos geração 70, na costa do Rio Chopin, município de Clevelândia, Usina da Pinhofleck.
                               Ano: 1975.
                               
                                 Em pé; Deonildo "Boca" Veronese, Hilario Vizzotto (goleiro), Vauban "Garrincha" Suttili, Adi Scopel, Maurício Cardoso e Cavur Suttili.

                              Embaixo: Rudi Bodanese, Guego Favetti, Chico Piva, Ronaldo "Salin" Cardoso, Orivan Bodanese e Baiano.



Avenida Tupi, entre as ruas Itacolomi e Ararigbóia. Anos 1960. 

A praça Getúlio Vargas está atrás do fotógrafo que registro esse imagem.

Cidade para viver e investir.