1972, dezembro – Pato Branco. 17 empreendedores lançam as bases do Clube Pinheiros. Um projeto ousado onde só o salão principal teria 900m2. 

                           Obra futurista que abrigaria até os nossos dias, as mais profundas e felizes emoções de várias gerações de pato-branquenses. Na foto, há 38 anos, 3 dos fundadores: Remo Longo, Lindolfo Dietrich e Carlos Almeida. (Os três já faleceram). 

                     Remo era gerente do Banco do Brasil, mas também devotado as causas comunitárias, bem relacionado e apegado a cultura musical, de um grupo de cantadores da música italiana. Lindolfo, empresário, industrial portador de inúmeras inovações na cidade. Carlos Almeida, alto funcionário do Banco do Brasil local, amigo da arte, da cultura e dos trabalhos comunitários através do Rotary Club.

Nenhum comentário:

Postar um comentário