Nos revolucionários anos 70 em Pato Branco, fundou-se o Iguaçu Clube de Campo, ou "Piscina do Iguaçu", no sul da cidade, onde também, a avançada juventude fez seu templo de culto a beleza física, cenário de encontros e paixões.


                       Era lá que nos embalos de sábado a noite, muitos meninos, armavam-se de coragem, ousadia, gim tônica e etc... para encontrar o "céu", do primeiro amor.

                       Amigo da turma, Jusa Casagrande (com o nome assinalado na foto, sendo abraçado pelo Marquinhos Roloff) tocava o bar do clube, sendo por isso muito celebrado dentre a rapaziada. 
                       Moderno, também trazia novidades. E foi assim que numa das festas ele chegou com um disco “bolacha de vinil” e mandou essa:
                           - Temos aqui o Slade. Tem que tocá alto.


Rock do Slade de 1972. LIgue o som e aperte play

Nenhum comentário:

Postar um comentário