"Algumas crianças estão sendo transformadas em adultos, com compromissos e responsabilidades. Será que isso é bom?"

"O termo "executivo" tem sido mais empregado para representar o funcionário de uma empresa que desempenha o papel de um provedor de realizações.

                  Os bons executivos são disciplinados, organizados, planejadores, focados, visionários e, não menos importantes, são capazes de influenciar outras pessoas, assumindo, nesse caso o papel de líderes".

                 E, acredite o mercado de trabalho tem faro fino para identificar o perfil de um candidato a emprego. E faz uso dele.

                 Sempre foi assim, e a tendência é que seja ainda mais no futuro. Se você for um executivo, terá mais probalidade de ter sucesso profissional e também pessoal. 
              Por isso não há nada de mau em ensinar às crianças algumas habilidades executivas, aquelas que tornam a vida mais prática e produtiva.

                  São músculos para suas asinhas, que vão crescer fortes, tanto melhor, maior será o alcance do voo".

                                       Extraído da revista Vida Simples 104 de abril de 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário