A importância de ensinar limites para as crianças

"Não podemos esquecer, habilidades não são inatas, são aprendidas. E quem nos ensina é o ambiente onde estamos inseridos, sendo a escola apenas uma parte dele.
                               A família é o primeiro e mais determinante provedor de habilidades, pois o que se aprende em casa vem acompanhado de afeto e significado, mais do que na escola.
                             Ser inteligente não é suficiente, é necessário usar a inteligência para produzir benefício.
                    Aliás, a inteligência é reconhecida exatamente pelo seu uso, e não por sua simples existência.

                               Você certamente conhece alguém considerado inteligente por sua memória, seu conhecimento ou por sua capacidade lógica que, apesar disso, coleciona uma série de insucessos e erros cometidos em sua vida prática.

                    Alto QI é como argila de boa qualidade, precisa ser trabalhada para se transformar em obra de arte, senão continua sendo apenas isso, argila de boa qualidade. Inteligência é energia potencial. Habilidade é energia cinética (movimento)".
                           Extraído da revista Vida Simples 104 de abril de 2011 / por Eugenio  Mussak
                                               *imagem: blog criança paquenina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário