Nossa própria curiosidade pela violência é uma forma de propagação da violência.

"Este mundo em que vivemos é criado pela mente das pessoas. A ocorrência de uma catástrofe natural não é exceção, e os acontecimentos que alcançam grandes proporções também são criados pela mente e ações coletivas"

Não é só pelo telejornal da televisão que podemos focar nossa lupa guardiã da ética para com governantes e políticos...

Não à violência propagada pela televisão!
Pessoas com medo, são mais submissas.

*texto entre parênteses: Seicho-no-ie / imagem: materiaincognita.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário