Conjunto Nigth And Day, Pato Branco, Clube do Internacional, segunda metade da década de 60, há 50 anos.

                               Quando existia música, mais do que o mercado musical de hoje.

                              Esquerda/direita:

                              Leno Vanz (sax), Saul Bueno (trombone), Valdo Albert (gaita), o irmão dele Nene Albert (bateria), Titi Favetti (guitarra) e Heitor Graneto (contra baixo).

                                Kepler José Machado, filho do baterista Amir "Nene" Albert envia gratificante texto:

                               "Gostaria de parabenizá-lo por essa grande paixão e amor pela fotografia, pois quem ganha somos nós “expectadores” dessas belezas e magias que retratam a vida e a história de nossa cidade maravilhosa ‘Pato Branco’

                                  Gostaria Rudi, de saber se tem ainda fotos de meu pai Almir "Nene"  Albert.
                                    Seria muito bom encontrar pois ele foi um constante demonstrador da arte da música na cidade e região, uma fantástica demostração de carinho que lhe fará bem.
                                     Ele o considera muito. Fico no aguardo de notícias"

                                    Cordialmente, Kepler José Machado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário