Com a proximidade do inverno, já podemos sentir falta da presença das andorinhas, que no verão enfeitam nosso céu, no amanhecer e no final da tarde. 
                                                        Mais um espetáculo à parte, sobretudo no entardecer pato-branquense (que é ímpar). 

                                                        Foto: Daniel Jaeger Vendruscolo. 

Jozieli Cardenal Wolff


Nenhum comentário:

Postar um comentário