Quinta feira 02/07;
Entro numa  conhecida rede de academia de musculação na cidade catarinense onde vivo.

Numa mesa de café na entrada dois adolescentes com um fone de ouvido (estilo celebridade e jogador Neymar), cada um, focados em aparelho eletrônico.

Adiante dois belos meninos de uns 3 anos com uniforme de natação encantados diante de uma televisão vendo desenhos da porquinha americana Pepa.

Adentrando academia, todo ambiente tomado por música "de pista" norte americana, (às 8:00 da manhã).

Diante de 15 esteiras, duas televisões de plasma reproduzindo tele jornal do canal líder do Brasil.
                  Ponho-me a pensar se não estamos nos transformando em Zumbis / era moderna da comunicação digital...

                   A influência, o uso, os costumes e a nomenclatura da cultura popular do inglês norte americano cresce a cada dia. 

                      Mas, se virarmos tanto as costas para a cultura e raízes brasileiras, não deixamos jovens e adolescentes desnorteados ?

                    Não é esta uma forma de edificarmos templos ao consumo vulgar, a banalidade e aos vícios?

Nenhum comentário:

Postar um comentário