Erlindo Rosa, colunista social e da memória pato-branquense, está produzindo material sobre os 50 anos do conjunto Nigth and Day e da chegada da família Favetti em Pato Branco (1966).

Especial para este blog;
parte um:




"A MEMÓRIA DA MUSICA.

Dar uma remexida nas coisas do passado é sem dúvida um passatempo de muita gente. Há tempos venho puxando pela memória e conversando com algumas pessoas para saber como foi a origem de conjuntos musicais surgidos em nossa cidade lá pela década de sessenta.

 Uma curiosidade que me afeta, - por gostar de música e viver rebuscando nas 
velhas imagens fotográficas -,  a compreensão: como eram as noites em dantes tempos...

Desde o surgimento do conjunto Night And Day, que tinha no comando, José Moacir Favetti, o popular "Titi", que vamos abordar aqui, adiante. 

Mas além deste, tinha o "conjunto do Waldir Duarte", o The Players”, da mesma forma, muito bom, tocava na linha dos “Beatles”, com enorme sucesso entre a jovem guarda.

Havia ainda a extraordinária "banda do Gaúcho" Los Cometas, cujo uniforme era  um 
tradicional terno branco, por isso tornaram-se conhecidos também como  a "turma de branco"; animavam bailes com notáveis apresentações.

 Foi enfim uma época rica em mudanças de paradigmas com os Beatles, Jovem Guarda, Bossa Nova e influencias americanas através do cinema".

                                                                            Erlindo Rosa  (parte 1).

Nenhum comentário:

Postar um comentário