"A vida nos separa talvez dos companheiros, e nos impede de pensar muito nisso. 
Eles estão em algum lugar, não se sabe bem onde, silenciosos e esquecidos, mas tão fiéis! E se cruzarmos seus caminhos, eles nos sacodem pelos ombros com belos lampejos de alegria. 

Sim, nós temos o hábito de esperar…Mas pouco a pouco descobrimos que não ouviremos nunca mais o riso claro daquele companheiro; descobrimos que aquele jardim está fechado para sempre." 


Antoine de Saint-Exupéry, Terra dos Homens.

Foto anos 80:  Mário "Palito", Leomar "Kyd", Cornélio e Guilherme "Gheme", sentado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário