Reuniões de amigos, figuras populares, divertidas;  jogadores, artistas e outras lideranças são um dos prazeres da vida pato-branquense, desde as primeiras décadas de sua formação.

Há um amigo, adepto da filosofia de bar que chegou em nossa cidade, em 1962 (54 anos).

Passou pelas esquinas, adentrou pelos bares e hoje também nos cafés.
É dele esse tirada contemporânea: "O país é bom. Ruim são os governantes"
                              *Imagem: www.wagnerfrancesco.jusbrasil.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário