Não sei se foi o Cornélio, o Coroado, o Lauro e a Laura, o Sete Parmo, a Curruíra ou algum amigo pato-branquense anos 70 de bar;

mas, vai para o ar:

"O sucesso do Jornal Nacional está em dar notícia como se estivessem a rezar"

Nenhum comentário:

Postar um comentário