Geraldo Vandré exerceu grande fascínio entre nosso grupo de amigos na Pato Branco dos anos 1960/70.

Vivemos (como muitos) o grande mistério do exílio que o músico assumiu, foram do país  (1969/73) e de sua promissora carreira desde então.

Chico Piva era dos nossos, talvez o que tinha mais aptidão com os livros.

Mandamos para ele pelo aniversário (Brasília DF), este revelador livro biográfico de Vandré.

Como a Kátia, companheira dele o fotografou com o exemplar postando no Facebook, reproduzimos aqui.





(Rudi Bodanese)

Nenhum comentário:

Postar um comentário