Imponente, o Relógio da Igreja Matriz resiste ao tempo e acabou sendo um dos símbolos da cidade de Pato Branco. Foi fabricado em 1964 na cidade de Estrêla - RS pela Ind. e Com. de Relógios Públicos Schvertner. Foi o relógio de nº 124 fabricado pela empresa.

Desde 1965, quando da inauguração da Igreja Matriz, conserva seu mecanismo original. Vez por outra o Frei Nelson tem de ajustar as horas para a indicação correta, tarefa que ele faz com toda delicadeza que o mecanismo exige.
















Nesta foto feita pelo Zeca Bet, podemos ver o mecanismo interno do relógio. São inúmeras engrenagens de precisão, cada qual com sua função específica. Seu funcionamento é muito delicado, o que exige cuidados especiais na sua manutenção.

















Um andar acima, na torre, temos a sala onde fica o intrincado sistema de movimentação dos ponteiros. Através de cabos de aço presos ao mecanismo do relógio, os ponteiros são movimentados a cada minuto.

Realmente, uma obra-prima da engenharia para a época.





Post e fotos: Zeca Bet

Um comentário:

Neide Gobatto disse...

Meu pai Artimede Gobatto fazia a manutenção desse relógio nas décadas de 60 e 70.

Postar um comentário