Desencadeada em outubro de 1957 a Revolta dos Posseiros, que colocou o Sudoeste do Paraná (incluindo Pato Branco) na memória das lutas camponesas do Brasil, está em seu 60º ano.

Para as comemorações em outubro de 2017, novidades e  ações de grande cunho cultural.

Informa Eliane Gause, Chefe do Departamento de Cultura da Prefeitura de Pato Branco e membro da ALAP, Academia de Letras e Artes de Pato Branco.

Um comentário:

Neide Gobatto disse...

Meu pai Artimede Gobatto participou ativamento deste movimento junto ao apoiadores Ivo Thomazoni, Alberto Pazza, Germano Corona, José Virgílio Cantú, Riecieri Morelatto, Argelindo Piacentini, Hilário Ribeiro, Danilo Amadori e outros.

Postar um comentário