Na adolescência pato-branquense dos anos 1960 acreditávamos que Deus 
era Deus.


Hoje sabemos que
Deus é o dinheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário