Este rádio SEMP teve grandes histórias também em nossa família.

Meu pai (Ary Bodanese) nos ensinou a gostar de rádio.

Lembramos da Guaíba de Porto Alegre, Rádio Aparecida (SP), Diário da Manhã de Florianópolis, Celinauta de Pato Branco.

No final de 1963 ouvimos com apreensão, o assassinato de John Kennedy, dos Estado Unidos, no Texas.
                               Quando meus irmãos passaram a influenciar na escolha da estação, ficamos fãs do Hélio Ribeiro, excepcional locutor pop da Bandeirantes de São Paulo.

Na mesma Bandeirantes,  descobrimos o Ferreira Martins, Walter  "Pica-pau" Silva e o esporte com Fiori Giliotti, etc.

*A música sempre pautou a vida dos Bodanese, muito mais que a televisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário