Jerry Adriani pode não ter sido o grande ídolo da música para nós, mas em 50 anos manteve-se fiel a diversos gêneros.

Teve gosto pelo rock, paixão pela cancão italiana, foi um ídolo da jovem guarda e promotor do romantismo.

Jerry apresentou-se no Metrópolis da TV Cultura (SP) em 12 de fevereiro deste.

Deu pra perceber que estava bem e não tinha sinais de alcoolismo e drogas.

Teve um câncer fulminante.
Merece todo reconhecimento.

*poema da imagem: Paulo César Pinheiro. Foto da bicicleta: Rudi

Nenhum comentário:

Postar um comentário