Dados da NASA anunciados ontem, mostram que desde 1880 - quando a temperatura global passou ser monitorada - os primeiros três meses de 2017 foi o segundo mais quente da história.

O recorde é de 2016, seguido de 2010, 2011...

Essa avalanche crescente de uso de máquinas à motor de combustão é responsável em grande parte por essa tragédia crescente.

Os veículos elétricos, que estão demorando para chegar, podem ser uma esperança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário