Mas para o livro passar a existir de fato, os autores abriram uma campanha colaborativa para custear esta última etapa do projeto. A meta é alcançar R$ 25 mil, dinheiro que vai para o pagamento da gráfica onde serão rodados os livros; para o financiamento das recompensas dos colaborares; e para quitar a taxa de serviço cobrada pelo site Kickante, plataforma onde a campanha está hospedada.

O livro “YoSoy Fidel” é uma espécie de relato de viagem atento à sociedade cubana e aos tantos personagens que passaram pelos olhos e lentes dos autores. Mas é, também, um relato jornalístico ciente do momento histórico ali vivido.

 E é bom ressaltar, é jornalismo com “J” maiúsculo, porque trata-se de um olhar que vai a fundo, ultrapassando os clichês tão presentes mundo afora quando o assunto é Cuba e seu comandante revolucionário Fidel Castro. Além disso, o texto segue a linha do jornalismo literário, embalando o leitor em uma reportagem não ficcional, mas com gosto e ritmo de ficção. 






*Fotos Leandro Taques, um dos autores, com Gibran Mendes e Tadeu Vilani

Nenhum comentário:

Postar um comentário