Início da segunda metade dos anos 1960.

 Francisco Waldemar Giordani era mais um famacêutico de sucesso em Pato Branco.

Recortando parte da imagem, vemos Giordani atendendo nada menos que o radialista João Gualberto Gaspar.

*João Gualberto havia recém chegado de Ponta Grossa, inovando a locução radiofônica.

João, impulsionou as transmissões de futebol, o jornalismo e programas de entretenimento, na Rádio Celinauta.

Também criou uma forte ligação com seu colega Inelsi Mattielo (60 anos de rádio).

*Foto: acervo de Francisco Waldemar e Nair Giordani, resgatada por Rudi Bodanese para memórias de Pato Branco/ Erlindo Rosa, na revista Ontop de outubro próximo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário