Frei Nelson na primeira comunhão em 1988 ou 89 na Matriz de Pato Branco.

O menino logo na sua frente é João Paulo Bodanese.

A perda deste frei aos 77 anos, um patrimônio humano e religioso que trocou Minas Gerais pelo nosso município há mais de 40 anos, nos faz refletir:

Quem não conhece gente que prefere morrer, a ter que parar de fumar, parar com bebidas alcoólicas (missões que ele se dedicou tão eficazmente), ou mesmo ter de trabalhar e estudar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário