Os cativos das senzalas passavam todo o tempo lutando para se libertar. E nós, os cativos da mente?

Quantas formas de escravidão  podem se abater sobre o povo de um país?

Escravidão financeira, escravidão da mídia (televisão, etc.), escravidão da má gestão pública, escravidão do trabalho feito pelas mãos, que não trás prosperidade, escravidão do transporte público, da saúde, do total relaxamento para com o meio ambiente, do descaso com a saúde física e moral dos jovens, com a depredação social nas periferias, com a degradação humana no sistema carcerário...

grupo@rudibodanese.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário