Músico, compositor, poeta com veia existencial,
 Mauro Koth,
o pato-branquense
 geração 80

mudou a residência para Curitiba, mas seu vínculo familiar,  infância e amigos é marca forte em sua obra.

Tem uma formação roqueira mas suas letras são muito brasileiras, sensíveis e humanistas.

"Homem e Mulher seres tão diferentes, peças imperfeitas que se encaixam perfeitamente".

Nenhum comentário:

Postar um comentário