Andrea Vieira Zanella nasceu em Pato Branco, filha de Olivo Zanella, engenheiro do DER, e de Clory Vieira Zanella, artista da costura, do bordado e da culinária.

 Formou-se em Psicologia pela UFPR, cursou mestrado e doutorado na PUC-SP. Desenvolveu estudos pós doutorais na Università Degli Studi di Roma La Sapienza e foi pesquisadora visitante na New School for Social Research, em Nova York.

 É professora titular da Universidade Federal de Santa Catarina, tendo ingressado na instituição em 1994.
A experiência de residir por um ano em Nova York, em 2016, possibilitou sua imersão na História da Arte e na cena artística contemporânea, campo com o qual vem trabalhando há alguns anos, em diálogo com a Psicologia Social. 

Artes podem ser visibilizadas e vivenciadas nessa cidade em espaços expositivos formais e informais, nas ruas, praças e parques. Um convite a encontros que provocam o sensível, o pensamento, o próprio corpo. 


“Entre galerias e museus: diálogos metodológicos no encontro da arte com a ciência e a vida” é o título do livro em que Andrea apresenta alguns de seus encontros com essa intensa cena artística. 

Publicado pela Editora Pedro & João, o livro apresenta a própria trama entre ciência, arte e vida: a autora fala das obras que a provocaram, em sua flanêrie pelos espaços urbanos, a pensar e problematizar as práticas de pesquisa em ciências humanas e sociais e variadas questões a elas amalgamadas: as relações da/o artista e da/o pesquisador/a com as outras pessoas que participam da produção de suas obras; o tempo e inacabamento na arte e na pesquisa; a invisibilidade de mulheres artistas e suas produções; experiência estética e processos de criação . 




Por ser de uma histórica família pato-branquense, uma educadora de ponta no cenário educacional brasileiro, respeitada autora, o troféu Patonauta "Pato Altivo" Os Melhores da Cena Artística e Cultural de Pato Branco 2017, vai para:

Andrea Vieira Zanella.

Um comentário:

paulo disse...

Andrea Zanella é uma das melhores colegas em nosso Centro de Ciências Humanas, e no Doutorado Interdisciplinar em Ciências Humanas, UFSC.Paulo Krischke,

Postar um comentário