Lucas Tauil de Freitas escreve na revista VIDA SIMPLES.

Edição 185/2017:

"Aparece nítida a realidade escabrosa, onde juntos de nossos líderes, ídolos e formadores de opinião encenamos um pacto de mediocridade. 

Eles fingem nos representar e nós fingimos que participar da sociedade é assinar petições no Facebook

Piada de mau gosto calcada na narrativa de que sucesso é ter, que status e poder são um fim, para o qual não importam os meios.

 Não acredito que somos vítimas da mídia, de indústria ou de políticos. Escolhemos a cada compra, a cada canal, a cada barbaridade que toleramos. 

Não é só meu corpo que é ácido. Correm podres os nossos rios, acidificam-se nossos mares. Minha água grita por cuidado".

Nenhum comentário:

Postar um comentário