Tensie Whelan, especialista da Universidade de Nova York e membro do conselho global criado pela Odebrecht para recuperar a empresa fala sobre ética no governo (do Brasil).

"Os governos não tem sido muito úteis nesse sentido. Antes de ajudar, ainda precisam lidar com a própria incompetência, corrupção e falta de foco.

 De um lado, faltam incentivos para comportamentos positivos, de outro sobram incentivos para comportamentos negativos por parte dos líderes políticos".

*Revista Exame edição 1158 - abril 2018. Comprar a revista é apoiar o jornalismo profissional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário