Ah, meu samba
Tudo se transformou
Nem as cordas 
Do meu pinho
Podem mais amenizar a dor
Onde havia a luz do sol
Uma nuvem se formou
Onde havia uma alegria para mim
Outra nuvem carregou
A razão desta tristeza
É saber que o nosso amor passou.

* Para os que estão fora de Pato Branco, uma alusão à letra de Paulinho da Viola, Tudo se transformou...
                                  Foto: autor, Erlon Ceni de Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário