Guilherme Samora está lançando nessa semana o livro FRANCISCO, sobre "o homem que nasceu rico, jogou seu dinheiro pela janela, defendeu os animais, ficou nu diante das autoridades e virou santo".


Foi chamado de louco, foi aprisionado pelo próprio pai e enfrentou todo tipo de resistência e preconceito. 


Um relato de representatividade do respeito, Francisco não via diferença entre homem e animal: vida é vida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário