Ivo Expedito Martini fez (e faz) história em Pato Branco, desde que aqui chegou em 1962, vindo de Novo Hamburgo (RS).

Ao descer na rodoviária da cidade naquele ano, 10:30 horas da noite, (ao lado da praça Presidente Vargas) seguiu em busca de seu tio Alberto (Ana Martini) Geron, na rua Ibiporã.

Bateu numa casa  ao lado dos Geron. Por quem foi atendido?; por Ivo Thomazoni, prefeito da cidade (1960/64), vizinho de Alberto.

As histórias de Ivo Martini, aqui no Patonauta, Nos próximos dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário