Um marco da cultura pato-branquense, o terreno já adquirido pela gestão do prefeito Astério Rigon, com a parceria Casa da Cultura.

Ali seria edificado o Teatro municipal.

Imagem resgatada pelo Departamento de Comunicação da prefeitura

Registrada por Rudi Bodanese em abril de 1986, de dentro da cesta de um caminhão guincho cedido pela COPEL. 

*Agradecimento: Jozieli Wolff, jornalista (prefeitura).

Nenhum comentário:

Postar um comentário