Alberto Pozza (em primeiro plano na direita,  anos 1950).

Alberto (94 anos completados em junho) escreve para o livro PATO... CONFESSO QUE VIVEMOS (na Editora Tribo da Ilha), com uma memória e registros incríveis:

Um trecho de sua crônica:

"Eu participei de comícios em 1950 com o prefeito Crescêncio Lustosa Martins, Manoel Martins e Alaor Prata Martins, época em que a cada viva a Getúlio, vinte a trinta caboclos descarregavam seus revólveres 38, dando tiros para o ar.

Participei também na eleição para prefeito de Clevelândia em 1951 quando Sinval Martins de Araújo foi eleito com 2.838 votos e o doutor Harry Gareff em segundo com 2.082 votos. Foram eleitos os seguintes vereadores do distrito de Pato Branco:

 Arcenio Gonçalves de Azevedo e Teodorico Guimarães pelo PTB; Zacarias Koslinski e Valdemar Coletti pela UDN;  Guerino Zandoná e Antônio Detoni pelo PSD.

O pleito foi em 22 de junho de 1951. Participei na eleição de Plácido Machado em 1952 pelo PTB e PSP, que foi eleito com 1.042 votos tendo em segundo, Cristiano Leonardi, com 729 votos".

Nenhum comentário:

Postar um comentário