Valdir Duarte, outra figura icônica da música de Pato Branco no final dos anos 1960 escreve para o livro PATO... CONFESSO QUE VIVEMOS (já em editora de Florianópolis):

"Perguntei ao Heitor (Graneto) se ele conhecia alguém que aceitasse fazer parte de um conjunto e ele disse que sim.  Era o Orlandino Cardoso. Tudo certo, mas só havia um detalhe: ninguém nunca havia pegado em uma guitarra, ninguém sabia nada de notas musicais, muito menos posições no instrumento; enquanto isso eu estava trabalhando  na construção de meu contrabaixo e estava fazendo no tipo de um de verdade.

Através de livros, pesquisando e procurando  quem sabia, fomos dominando os instrumentos e nossos ensaios muitas vezes varavam a noite. Quando percebíamos já era dia. Estávamos apaixonados pela música. Lá por 1965  começamos ensaiar as nove horas da manhã e varamos a madrugada.

Durante a noite bateu um frio infernal, da sala fomos para a cozinha onde havia um fogão a lenha. Acabou a lenha e toda a comida que tínhamos em casa; quando o dia clareou, ao abrirmos a porta deparamos com mais ou menos vinte centímetros de neve, foi a grande nevasca que houve em Pato Branco. Uma das maiores emoções de minha vida.
A Banda praticamente estava montada, já com amplificadores e caixas que eu havia construído, só que faltava um nome, queríamos algo assim em inglês. 

Em frente da minha casa havia uma igreja Metodista e o pastor, norte americano. Mostrei-lhe o nosso projeto, disse que precisávamos de um nome para a banda que fosse em inglês porque seria top. 

Na época existiam nomes bem brasileiros para as orquestras de baile. Bandas eram poucas, e ele disse que um nome muito apropriado para o nosso caso, banda de rock e tal, seria The Players (os jogadores). E assim foi feito. Com nome na banda já poderíamos pegar trabalho, só que o repertorio ainda não era suficiente, tínhamos apenas vinte musicas ensaiadas, sendo que para tocar uma noite toda é preciso em torno de oitenta musicas, e faltava também mais instrumentos".

Nenhum comentário:

Postar um comentário