Danieli Longo Benedetti, filha do casal emblemático de uma era pato-branquense, Remo e Hilda Longo, também enriquece o livro PATO CONFESSO QUE VIVEMOS, com uma crônica abordando a passagem da família pela cidade nos anos 1970.



Aqui está Danieli com seu pai Remo, na Pato Branco dos anos 70.

Ela hoje reside em São Paulo, tendo se tornado uma pianista com carreira internacional.

*Para ser contratada para tocar em nossa cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário