"Aqui está a fotografia que lhe prometi. Foi tirada em frente de casa, num local que batizei como Bosque da Vida, pois ali plantamos 60 árvores. Inclusive duas araucárias, cujos pinhões foram enviados pelo nosso amigo comum Adilton Detoni, diretamente de Santa Catarina. 
Um legado que pretendi deixar para as futuras gerações, lembrança de meus dias neste planetinha azul. Semana passada havia um casal de tucanos ali, que volta e meia retornam. 

Outros frequentadores habituais são canários, maritacas, pardais, pombas, sabiás laranjeira, bem-te-vis, corujas, anus, quero-queros, tico-ticos e joões-de-barro.

 Luz e Paz!

Eduardo Waack (pato-branquense geração 70), em Matão, São Paulo.
 *conta no livro com riqueza de detalhes, histórias do escotismo de Pato Branco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário