Da mesma forma que interage na foto, brincando com aquele tempo, Eliseo Batiston escreve no livro PATO CONFESSO QUE VIVEMOS.

*Evaldo Dall'Igna e Eliseo Batiston, início da década de 1970.





Aqui, Eliseo brinca - com o livro - entre uma turma de históricos pato-branquenses, em imagem do final da década de 50, lá em Pato Branco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário