Com orgulho de ter retomado contato com a família Telli, hoje em Porto Alegre.

Mauro e sua mãe Beatriz (Vandrile).

Eles viveram os anos de ouro da Pato Branco dos anos 1960/70; bem retratados por Vandrile Telli (falecido em janeiro/2018), em crônica no livro PATO CONFESSO QUE VIVEMOS (nas mãos de Mauro).

Nenhum comentário:

Postar um comentário